Buscar
  • Monica Campello

𝗟𝗶𝘃𝗿𝗮𝗻𝗱𝗼-𝘀𝗲 𝗱𝗼𝘀 𝗷𝘂𝗱𝗮𝘀 𝗶𝗻𝘁𝗲𝗿𝗻𝗼𝘀

Após a traição, Judas reconheceu que Jesus era bom, mas não reconheceu que ele mesmo era mau. Por isso que ele não se arrependeu. Remorso não produz mudança; arrependimento produz.

Se uma pessoa não olhar para dentro de si e reconhecer as próprias falhas, não tem como haver mudanças. Isso se chama introspecção, e deve ser seguida de uma metanoia.

Reconhecer a bondade dos outros e declará-la não nos livra das nossas próprias maldades. Se alguém quiser se livrar delas, urge que um processo de cura interior seja desenvolvido, gradativamente, conforme as situações forem se apresentando. 𝑵ã𝒐 𝒉á 𝒄𝒖𝒓𝒂 𝒊𝒏𝒕𝒆𝒓𝒊𝒐𝒓 𝒔𝒆𝒎 𝒐 𝑴é𝒅𝒊𝒄𝒐 𝒄𝒆𝒓𝒕𝒐: 𝑱𝒆𝒔𝒖𝒔.

A cada manifestação do mal é mister “querer”, “desejar”, mostrar-se disposto a mudar, esforçar-se pela mudança para poder se livrar das mazelas internas que dão ocasião às maldades externas.

Tem problema psicológico, psiquiátrico, neurológico...? Remédios e tratamentos podem auxiliar na cura. Mas se o problema é espiritual, emocional, moral, sentimental, SÓ JESUS CRISTO SALVA E LIBERTA!!!


0 visualização
  • 7 livros
  • LinkedIn ícone social
  • 10411954_685602844810247_333669641129231921_n
  • 105877862_3304579512893603_5748729188284
  • Litwin, Edith.
  • 11060882_418988858270919_2397584092961867947_n
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon

© 2016 por Monica Campello. Escritora para a glória de Deus! Professora graças a Deus!