Buscar
  • Monica Campello

FÉ, DETERMINISMO E PROLIXIDADES EXPLICATIVAS


Fé de conveniência com determinação

O que Deus fala para escrever é para escrever e pronto! Quem pode contestar a palavra de Deus?

“Respondeu Pilatos: ‘O que escrevi, escrevi’” (Jo 19:22).

O contexto no versículo anterior mostra a má intenção dos “líderes religiosos”, tentando um jogo de palavras para perverter a verdade e queimar a imagem do outro; no caso, Jesus. Digo “outro” porque não o tinham por “próximo”. Aliás, não tinham ninguém por próximo a não ser o próprio ventre!

Por estar afastada do Senhor uma pessoa não deve ficar defendendo coisas que vão contra o Senhor. Às vezes, nem mesmo nós sabemos que estamos afastados do Senhor, pois vamos à igreja por condicionamento, obrigação, mas não pela fé em si e pela adoração, e “achamos” que estamos fazendo grande(s) coisa(s) e agradando a Deus; só que não! Estamos, de fato, agradando homens e nos preocupando em estarmos em harmonia com a mente deles e não com a mente de Cristo.

Filosofias, teorias, metodologias como Coaching, se afastam a pessoa de Jesus — preste atenção à conjunção subordinativa causal/condicional: “‘SE’ afastam” — porque agora a pessoa se sente mais determinada, mais segura de si, mais independente de Deus, isso é um mau sinal: a pessoa inicializa um processo de autodestruição como cristão de fé pela desconstrução da fé advinda de fontes externas.

”Sabendo que a prova da vossa fé opera a paciência” (Tg 1:3), mas a pressa pela conquista dos sonhos leva à determinação humana que afasta da fé cristã.

O cristão pode e deve fazer a sua parte sem “esperar cair do céu”, mas também sem se distanciar da fé por causa do determinismo, do pensamento positivo, e atitudes afins.

Mas quem “se diz” cristão não percebe isso porque “se acha” cristão sem perceber que já se desviou do propósito de Cristo em direção às propostas humanas.

Não se pode misturar conceitos profissionais com conceitos eclesiásticos: não se pode servir a Deus e a Mamom ao mesmo tempo (Mt 6:24). Palestras motivacionais “profissionais” devem ser realizadas em ambiente profissional e não em igrejas.

Andam confundindo coaching com liderança eclesiástica. Líderes cristãos devem cuidar para que não se transformem tão somente em líderes “religiosos” cuja fé seja abalada pela autossuficiência, ocasionando o mesmo efeito nos seus ouvintes seguidores.

É preciso ter cuidado sobre “onde estou ouvindo o quê!!!”

“Pela fé, eu consigo...” como ou em que sentido estou movendo essa fé? Pois esse axioma cristão bem pode equivaler a “Pela determinação, eu consigo...” se a pessoa passa a se acreditar autor da própria vida em detrimento do Autor da vida que é Deus (claro, para quem tem fé e acredita em Deus). Essa questão de fé tem sido muito abalada por contrários à direção divina em favor da direção humana.

Prolixa em defesa da fé

Eu sei que eu penso muito, falo muito, escrevo muito, mas acredito que escrevo sob inspiração divina, pois sempre escrevo depois de estudar a palavra de Deus na bíblia, e também pelas pessoas que, algumas vezes, tornam-se minhas musas inspiradoras, mas muitos não entendem o que eu escrevo ou não têm paciência para a minha prolixidade (reconhecida; é a minha singularidade).

Gostam de analisar as minhas palavras apenas pelas iniciais de um texto sem o lerem na íntegra, e passam a fazer julgamentos equivocados. É importante as pessoas saberem, quiçá se lembrarem, que não se julga sem conhecimento de causa.

É preciso ler um texto inteiro para poder fazer o julgamento correto e isso, ainda, mediante uma análise profunda do texto para falar ou criticar com propriedade de modo que não corra o risco de ser ridicularizado por si mesmo.

Eu aprendi que textos para serem bem interpretados devem ser lidos e relidos, buscando também as entrelinhas, os significados elípticos, a fim de não incorrer no erro da interpretação de conveniência.

É mister o cuidado com a leitura, não se ater apenas às palavras iniciais de um texto sem a devida reflexão. Não se pode ler as palavras iniciais de um texto e já “achar” que o entendeu e tecer comentários impertinentes. É preciso muito cuidado com a recepção de uma mensagem, principalmente a esc rita.

A boa leitura requer paciência, assim como a fé requer paciência! E haja paciência para me ler 😀

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo
  • 7 livros
  • LinkedIn ícone social
  • 10411954_685602844810247_333669641129231921_n
  • 105877862_3304579512893603_5748729188284
  • Litwin, Edith.
  • 11060882_418988858270919_2397584092961867947_n
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon

© 2016 por Monica Campello. Escritora para a glória de Deus! Professora graças a Deus!