ASSUNÇÃO DA RESPONSABILIDADE PELOS PRÓPRIOS ERROS E PECADOS

ASSUNÇÃO DA RESPONSABILIDADE PELOS PRÓPRIOS ERROS E PECADOS É muito fácil e cômodo colocar a culpa dos nossos erros em Satanás. Nem sempre é ele quem atua; muitas vezes, somos nós mesmos os culpados ou responsáveis por determinadas situações. Precisamos ser diligentes no trato com outras pessoas, pois disso também pode nos sobrevir a culpa e a responsabilidade por nossas ações, as quais tendemos a atribuir ao diabo. Nem mesmo o arcanjo Miguel se atreveu a condenar o Diabo com insultos, não ousou pronunciar sentença difamatória contra ele, não ousou fazer acusação injuriosa contra ele, não se atreveu a acusar ou zombar dele, não ousou pronunciar juízo de maldição contra ele, não ousou fulminar-lhe sentença de blasfemo (diversas versões bíblicas): 𝑴𝒂𝒔 𝒐 𝒂𝒓𝒄𝒂𝒏𝒋𝒐 𝑴𝒊𝒈𝒖𝒆𝒍, 𝒒𝒖𝒂𝒏𝒅𝒐 𝒄𝒐𝒏𝒕𝒆𝒏𝒅𝒊𝒂 𝒄𝒐𝒎 𝒐 𝒅𝒊𝒂𝒃𝒐, 𝒆 𝒅𝒊𝒔𝒑𝒖𝒕𝒂𝒗𝒂 𝒂 𝒓𝒆𝒔𝒑𝒆𝒊𝒕𝒐 𝒅𝒐 𝒄𝒐𝒓𝒑𝒐 𝒅𝒆 𝑴𝒐𝒊𝒔é𝒔, 𝒏ã𝒐 𝒐𝒖𝒔𝒐𝒖 𝒑𝒓𝒐𝒏𝒖𝒏𝒄𝒊𝒂𝒓 𝒋𝒖í𝒛𝒐 𝒅𝒆 𝒎𝒂𝒍𝒅𝒊çã𝒐 𝒄𝒐𝒏𝒕𝒓𝒂 𝒆𝒍𝒆; 𝒎𝒂𝒔 𝒅𝒊𝒔𝒔𝒆: 𝑶 𝑺𝑬𝑵𝑯𝑶𝑹 𝒕𝒆 𝒓𝒆𝒑𝒓𝒆𝒆𝒏𝒅𝒂. (Jd 9). Que eu aprenda a assumir a responsabilidade pelos meus erros, sem culpar a ninguém, reconhecendo-os diante de Deus e arrependendo-me sinceramente pelos meus pecados a fim de nunca mais repeti-los.

Destaque