© 2016 por Monica Campello. Escritora para a glória de Deus!

  • 10411954_685602844810247_333669641129231921_n
  • 11060882_418988858270919_2397584092961867947_n
  • 12036535_1673158749594699_5900628048313839229_n
  • 4vertical
  • palavras face
  • oie_gGxu4nef26VX
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon
  • Instagram Social Icon

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Tags
Destaque

Bons pensamentos em frases

January 17, 2017

O diabo vibra quando a gente tem medo e deixa de agir por falta de fé.

Deus não tem prazer quando recuamos em vez de fazer o que deve ser feito mediant...

1/2
Please reload

ALIMENTO DIVINO: GRATIDÃO e CONVICÇÃO — FÉ.

01.12.2018

A

 LIMENTO DIVINO: GRATIDÃO e CONVICÇÃO — FÉ.

O Senhor é a minha comida e a minha bebida. É do Senhor que devo me alimentar todos os dias.

Fé diária: o alimento de Deus de que precisamos; nós, os crentes em Jesus.

A fé precisa desenvolver quatro sentidos que alimentam o templo do Senhor: visão espiritual, audição espiritual, fala espiritual, tato espiritual. Isso não necessária ou obrigatoriamente dentro de um templo, mas precisamente no Senhor.

Eis a convicção de Jesus seguida da gratidão por aquilo que ainda não tinha acontecido:

𝑷𝒂𝒊, 𝒈𝒓𝒂ç𝒂𝒔 𝒕𝒆 𝒅𝒐𝒖, 𝒑𝒐𝒓 𝒎𝒆 𝒉𝒂𝒗𝒆𝒓𝒆𝒔 𝒐𝒖𝒗𝒊𝒅𝒐. 𝑬, 𝒕𝒆𝒏𝒅𝒐 𝒅𝒊𝒕𝒐 𝒊𝒔𝒕𝒐, 𝒄𝒍𝒂𝒎𝒐𝒖 𝒄𝒐𝒎 𝒈𝒓𝒂𝒏𝒅𝒆 𝒗𝒐𝒛: 𝑳á𝒛𝒂𝒓𝒐, 𝒔𝒂𝒊 𝒑𝒂𝒓𝒂 𝒇𝒐𝒓𝒂. (Jo 11:41,43)

A fé é assim: crê no que não vê! Tenhamos esta fé; sigamos o exemplo de Jesus. Era para isto que ele operava milagres; para que crêssemos.

𝑬𝒖 𝒅𝒊𝒔𝒔𝒆 𝒊𝒔𝒕𝒐 (Ele disse que o Senhor o ouviu) 𝒑𝒐𝒓 𝒄𝒂𝒖𝒔𝒂 𝒅𝒂 𝒎𝒖𝒍𝒕𝒊𝒅ã𝒐 𝒒𝒖𝒆 𝒆𝒔𝒕á 𝒆𝒎 𝒓𝒆𝒅𝒐𝒓, 𝒑𝒂𝒓𝒂 𝒒𝒖𝒆 𝒄𝒓𝒆𝒊𝒂𝒎 𝒒𝒖𝒆 𝒕𝒖 𝒎𝒆 𝒆𝒏𝒗𝒊𝒂𝒔𝒕𝒆 (Jo 11:42).

𝑬𝒇𝒇𝒂𝒕𝒂, 𝒊𝒔𝒕𝒐 é, 𝒂𝒃𝒓𝒆-𝒕𝒆 (Mc 7:34). Jesus deu uma ordem para que o mal cessasse. Jesus dá uma ordem hoje para que o mal da incredulidade seja fechado e o bem da nossa fé seja aberto.

É assim que se experimenta uma “ceia espiritual com o Senhor” pela qual comemos do seu corpo e bebemos do seu sangue “diariamente”: pela fé que lhe agrada, e não simplesmente por ordenança religiosa.

Para estarmos em pé e não cair, precisamos nos alimentar de Jesus todos os dias, e não apenas em determinadas datas estipuladas ao ano: cuidado para que isso não se transforme em prática legalista.

𝑬 𝒕𝒐𝒅𝒐𝒔 𝒄𝒐𝒎𝒆𝒓𝒂𝒎 𝒅𝒖𝒎 𝒎𝒆𝒔𝒎𝒐 𝒎𝒂𝒏𝒋𝒂𝒓 𝒆𝒔𝒑𝒊𝒓𝒊𝒕𝒖𝒂𝒍, 𝒆 𝒃𝒆𝒃𝒆𝒓𝒂𝒎 𝒕𝒐𝒅𝒐𝒔 𝒅𝒖𝒎𝒂 𝒎𝒆𝒔𝒎𝒂 𝒃𝒆𝒃𝒊𝒅𝒂 𝒆𝒔𝒑𝒊𝒓𝒊𝒕𝒖𝒂𝒍, 𝒑𝒐𝒓𝒒𝒖𝒆 𝒃𝒆𝒃𝒊𝒂𝒎 𝒅𝒂 𝒑𝒆𝒅𝒓𝒂 𝒆𝒔𝒑𝒊𝒓𝒊𝒕𝒖𝒂𝒍 𝒒𝒖𝒆 𝒐𝒔 𝒔𝒆𝒈𝒖𝒊𝒂; 𝒆 𝒂 𝒑𝒆𝒅𝒓𝒂 𝒆𝒓𝒂 𝑪𝒓𝒊𝒔𝒕𝒐. 𝑨𝒒𝒖𝒆𝒍𝒆 𝒑𝒐𝒊𝒔 𝒒𝒖𝒆 𝒄𝒖𝒊𝒅𝒂 𝒆𝒔𝒕𝒂𝒓 𝒆𝒎 𝒑é, 𝒐𝒍𝒉𝒆 𝒏ã𝒐 𝒄𝒂𝒊𝒂. (1 Co 10:3,4,12)

Quando ouvimos a sua ordem e cremos, quando ele nos diz que já nos abençoou, não devemos temer religiosidades que nos são impostas.

Devemos ouvir o Senhor e permanecer seguindo-o exatamente como ele nos tem direcionado — seguir Jesus, e não rituais meramente humanos que devem ser cumpridos à risca como rotina permanente para estar em dia com as tradições eclesiásticas.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload