A revolta do povo que quer permanecer no Egito: casa rebelde são.


Povo descrente e irreverente sem qualquer temor ao Senhor:


— “… mas é a palavra de Deus! É Deus quem está falando, está escrito na Bíblia!”


— “mas eu não acredito, não concordo, não aceito!”


O Senhor reprova qualquer comportamento de rebeldia contra ele e sua palavra (estou me dirigindo àqueles que acreditam em Deus). “Se uma pessoa peca contra outra, o Senhor pode defendê-la. Mas quem pode defender aquele que peca contra Deus? Mas eles não ouviram o pai, pois o Senhor havia resolvido matá-los” (1 Sm‬ ‭2:25‬).


Ninguém pode acreditar na Bíblia pela metade; acredita numa parte, mas não acredita na outra. Como dizia minha vó: “Quem gosta de meia é perna.”Ou se acredita na Bíblia toda ou não se acredita em nada do que ela relata. Essa é a postura correta, sem meios termos; não dá para um crente ser morno.


Mas o rebelde não quer aceitar a palavra de Deus exatamente por causa deste motivo:


“Pois todos os que fazem o mal odeiam a luz e fogem dela, para que ninguém veja as coisas más que eles fazem” (‭‭Jo‬ ‭3:20‬).


Porque, aceitar a palavra de Deus implica dar a mão à palmatória, ter de assumir que está errado, em pecado, que suas opiniões não têm valor ou crédito.


Deliberadamente, pretende se colocar acima de Deus o tempo todo, desprezando a sua palavra. Não quer perder a pose, a autoridade, a primazia da sua posição social, por causa do seu ego inflado. Quer sempre estar acima de todos, o maioral. Despreza os menos favorecidos, sempre contando vantagens.


Eis aí uma pessoa da qual é melhor se afastar. Conviver apenas socialmente. Não ter raiva dela, mas orar por ela como Jesus ensinou a orar pelos inimigos. Quem sabe ela se converte?! E, em se convertendo, alcançar a salvação e se ver livre da perdição eterna.


E os enganados também pensam que estão levando vantagem apoiando esse ser. Na verdade, pensam que não pagam nada, mas acabam pagando muito caro por isso, pois o que lhes parece vantagem é o que já estão pagando sem saber, achando que estão levando vantagem e conquistando o melhor; ledo engano.


O rebelde faz de tudo para afastar do meio dele aqueles que ele pensa que podem prejudicá-lo quando, na verdade, não prejudicariam de forma alguma. E, portanto, afasta pessoas inocentes que poderiam ser grandes amigos, mas prefere desprezá-los e descartá-los e fazer intrigas para poder afastá-los. Uma pessoa perigosa que está sempre planejando armadilhas e ciladas contra aqueles de quem ele quer ver longe quando deveria ser o contrário.


E os enganados ao seu lado não enxergam essa verdade e se deixam levar porque, afinal de contas, também pensam estar tendo alguma vantagem, e, por causa disso, desprezam ou se tornam indiferentes ou deixam de considerar amizades verdadeiras.


Não defendem os amigos, mas deixam que essa pessoa má faça mal a eles. Igual ao juiz Eli (1 Sm 2:22-36), com seus filhos, que fazia vista grossa para os erros e pecados deles, colocando-os acima de Deus, assim como esses enganados que idolatram essa pessoa rebelde, deixando de repreendê-la em nome de suas vantagens.

“E disse o Senhor a Moisés: Até quando me provocará este povo? E até quando me não crerão por todos os sinais que fiz no meio deles? não verão a terra de que a seus pais jurei, e até nenhum daqueles que me provocaram a verá. Mas Moisés disse: Por que quebrantais o mandado do Senhor? Pois isso não prosperará. Porque os amalequitas e os cananeus estão ali diante da vossa face, e caireis à espada; pois, porquanto vos desviastes do Senhor, o Senhor não será convosco” (Nm‬ ‭14:11, 23, 41, 43).


Ref. Cruzadas:

Dt 1:32; 9:23; Sl 78:22; 95:8; Jo 12:37; Hb 3:18.


Mas quem persevera em seguir ao Senhor recebe a sua bênção:


 “Mas o meu servo Calebe tem um espírito diferente e sempre tem sido fiel a mim. Por isso eu farei com que ele entre na terra que espionou, e os seus descendentes vão possuir aquela terra” (Nm‬ ‭14:24‬).


“Somente Calebe, filho de Jefoné, o quenezeu, e Josué, filho de Num, continuaram fiéis ao Senhor., perseveraram em seguir ao Senhor” (Nm‬ ‭32:12‬).

Destaque