Bênção é bênção: não dá para ser diferente.

“Mas Deus lhe dá um corpo, como determinou, e a cada espécie de semente dá seu corpo apropriado” (1 Co 15:38‬).


Se Deus não deu, não seria bênção. Ele conhece cada corpo que criou; conhece a estrutura física, emocional, psicológica, espiritual de cada criatura sua de modo que lhe provê somente aquilo que de fato preenche as suas necessidades.


Contudo, o problema do ser humano é achar que o que ele pensa que necessita é realmente necessário para sua vida, mas não é assim. Se não houver essa compreensão da vontade de Deus e do conhecimento de Deus para o melhor da vida de uma pessoa, torna-se difícil conviver bem com aquilo que não tem.


Portanto, por mais que haja profissionais capacitados para tratar de pessoas em suas frustrações nas respectivas áreas dos seus desejos, ninguém melhor do que Deus para conhecer suas reais necessidades com todo o poder para supri-las de tal maneira que não caibam brechas para recidivas.



Destaque