Evitando conveniências

Quando lemos um versículo bíblico, a nossa tendência é sempre pegar para nós a melhor parte, a que se refere às bençãos, mas a parte que se refere a maldições provenientes dos nossos próprios comportamentos costumamos deixar de lado, pois temos medo do que possa nos acontecer por causa das nossas próprias ações.


Na realidade, todo crente deve ler versículos inteiros, considerando todas as suas partes, além de considerar todo o contexto anterior e posterior, e trazer para sua própria vida a aplicação de todos os conceitos e princípios que ali se encontram. Essa sim é uma atitude louvável diante de Deus, e não apenas ler a palavra, pegar o que é bom e descartar o “resto” como se a palavra de Deus tivesse pontos que se pudessem considerar como resto.



Destaque