Irmão que queima irmão: que crente eu sou?

Irmão que queima irmão: que crente eu sou?


“Oferta da lenha que se havia de trazer à Casa do nosso Deus, segundo as casas de nossos pais, a tempos determinados, de ano em ano, para se queimar sobre o altar do Senhor, nosso Deus, como está escrito na Lei” (Ne‬ ‭10:34).


(Lv 3:3,9,14; 6:12)


Queimar — a lenha para queimar a gordura — com a finalidade de consumir o sacrifício para agradar a Deus (AT), e não queimar para consumir o próximo com ofensas, humilhações, menosprezo, desprezo, e destruir a sua reputação, a sua imagem e, consequentemente, desagradar a Deus.


Todo o sacrifício que oferecemos a Deus não é o suficiente para louvá-lo pela sua majestade, glória e honra, mas todo fogo ateado contra o próximo é suficiente para destruí-lo.


“Lembra-te de mim, Deus meu, para bem” (Ne‬ ‭13:31‬b).


Oração contra a língua maledicente:


Ajuda-me, ó Senhor, a estar pronto para responder a tudo que falarem contra mim. Dá-me boca e sabedoria para responder com propriedade e autoridade no momento certo, na hora devida, a todo aquele que levantar a sua voz contra mim com o propósito vil de queimar a minha imagem. (Sl 7; Is 42:11; 54:17; Mt 5:22; Lc 21:25)



Destaque