O compromisso é com o Logos e não com o bolso!

Não devo fazer da obra de Deus uma fonte de renda, confundindo o versículo que diz: “Digno é o obreiro do seu salário” (1 Tm 5:18).

Não seja a obra de Deus um pretexto para ganhar dinheiro, mas uma oportunidade para se esforçar na pregação do evangelho e no ensino cristão.



Destaque