top of page

PERDÃO, ENTENDIMENTO E LIBERTAÇÃO!

Que presente de fim de ano!

Obrigada, Senhor!

Feliz ano novo, meus filhos! Obrigada, Senhor, por ter poupado meus filhos.

Que resposta que o Senhor me deu! Eu nunca imaginei essa resposta!


“A tua tristeza não é maior do que a de mães que perderam seus filhos. Eu vou substituir a tua tristeza por um bem maior, por uma grande bênção. Eu vou te dar uma grande alegria, muitas felicidades, e você já não vai mais lembrar dessa dor que te entristece.”


A revelação abaixo já é para mim o sinal de Deus desta grande alegria que o Senhor me promete, mas também creio que o Senhor está falando sobre outras conquistas.


O meu filho é grato a mim por eu tê-lo perdido (não tê-lo deixado nascer): “Se a minha mãe tivesse tido um aborto, às escondidas, eu não teria existido e seria como as crianças que nunca viram a luz do dia” (Jó 3‬:‭16‬).


E é verdade exatamente como Deus revelou acima que, recebendo dele esta revelação, a dor que entristecia já não existe mais, pois o meu próprio filho me agradece o fato de não ter nascido.

O Senhor sabe o que faz. O que teria sido do meu filho se ele tivesse vindo ao mundo?! Não teria paz, nem descanso, nem sossego:


“Não tenho paz, nem descanso, nem sossego; só tenho agitação” (Jó‬ ‭3‬:‭26‬).


Então, em vez de lamentar, de permanecer lamentando o fato de ter perdido (abortado) meu(s) filho(s), devo dar graças a Deus por ele(s) não ter(em) nascido, pois não quereria jamais que meu(s) filho(s) sofresse(m), e, pela palavra de Deus em resposta à minha oração, imagino que seria um sofrimento terrível do qual Deus quis poupá-lo(s).


O Senhor me disse que me responderia, mas eu não imaginava que fosse desta maneira!

Obrigada, Senhor, por esta revelação pelo que creio que nunca mais vou lamentar essa perda ou por ter deixado de ter um filho. O Senhor sabe de todas as coisas.


Obrigada, Senhor, pela minha libertação nesta manhã. Obrigada, Senhor, porque o Senhor se compadece de mim. O Senhor viu o meu choro de angústia ontem e o viu novamente nesta manhã pela dor de não ter tido meu(s) filho(s) e, então, o Senhor providenciou para mim esta resposta em forma de revelação para que eu saiba que o Senhor fez o melhor por mim e pelo(s) meu(s) filho(s) de modo que o Senhor nos poupou a ambos de terríveis sofrimentos.


E a tua resposta em Jó 3:16 me fez lembrar de Jo 3:16 em que o Espírito Santo deu à luz através de Maria o seu Filho unigênito para salvar a humanidade e através dele e do seu terrível sofrimento o Senhor providenciou a nossa salvação e a nossa libertação, minha e do(s) meu(s) filho(s) assim como de toda a humanidade.


O Senhor Jesus, sendo Deus, como homem, foi revestido de todo poder e autoridade para suportar as terríveis dores — físicas e morais — que experimentou por amor a nós. Por isso, ele nos livra dos sofrimentos que muitas vezes não entendemos e, na falta de entendimento, consideramos como perda aquilo que, na verdade, é ganho, pela graça de Deus.


Obrigada, Senhor Jesus, Deus todo-poderoso. Aleluia! Glória a Deus! Graças a Deus!



Comentarios


Destaque
bottom of page