Porção dobrada de Deus àquele que o serve


“Peço-te que haja porção dobrada de teu espírito sobre mim” (2 Rs 2:9).

“E haverá bastante leite de cabras para o teu sustento, para sustento da tua casa e para sustento das tuas criadas” (Pv 27:27).

Para receber a porção dobrada de Deus é preciso ser filho. E é assim que Deus separa ovelhas de ovelhas de modo que nenhuma seja nem se torne materialista, pois é esse estado deplorável da alma que torna muitos servos cativos do mal em detrimento do bem que agrada a Deus.

Há ovelhas e ovelhas, i.e., as que estão no reino diligente e prudentemente e as que estão como tolas atentas a vários interesses divergentes do propósito divino (Mt 25:1-13).

Todavia, para ser ovelha que agrada a Deus é preciso que tenha o desejo de ser como Eliseu, tendo a atitude “elisaica” de pedir a Deus a bênção de ser servo apaixonado pela causa de Cristo, livre de interesses mesquinhos.

Esse é um dos fatores que nos permite testemunhar extraordinários feitos de Deus, tanto material quanto espiritualmente, tanto na vida ministerial quanto na vida pessoal.

Se assim permanecermos, focados na visão e no propósito divino de produzir frutos para a salvação de almas, tudo o que pedirmos nos será concedido em ambos os aspectos.

Disse o Senhor ao meu coração: “Continue fazendo a minha obra e eu lhe darei tudo de que precisa”.


Destaque