Pregar sobre Deus é esmurrar objetivos.



Pregar Jesus fora da cruz nunca se igualará a esmurrar o vento. Você não está dando soco no vento. Se uma pessoa ouvir a tua pregação e a receber em seu coração, já ganhou uma alma, uma que seja.

Dar soco no vento seria receber a palavra de Deus a ser pregada e a guardar para si porque pensa que ninguém vai dar ouvidos ou dar importância à sua pregação.

“Sabei que aquele que fizer converter um pecador do erro do seu caminho salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados” (Tg 5:20).

Portanto, não pense apenas em você: pense no propósito de Deus em o ter chamado para o serviço no seu reino. Ou seja, pense nos outros que precisam chegar a Deus para receber o seu socorro.

Então, você prega para uma alma, e não para um milhão de almas. Uma alma é o suficiente. Se outras não chegam, é porque ainda não era a sua hora. A hora de cada uma vai chegar do jeito que tiver de ser. Portanto, continue fazendo a sua obra como Deus lhe tem designado.

Destaque
  • 7 livros
  • LinkedIn ícone social
  • 10411954_685602844810247_333669641129231921_n
  • 105877862_3304579512893603_5748729188284
  • Litwin, Edith.
  • 11060882_418988858270919_2397584092961867947_n
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon

© 2016 por Monica Campello. Escritora para a glória de Deus! Professora graças a Deus!