Você estava feliz e em paz.

Você estava feliz e em p

az.

De repente, você começa a sentir uma tristeza no peito, uma afronta esbofeteando o teu rosto, uma raiva desarrazoada, uma indignação injusta, e percebe que isso tira a sua paz.

Então, você se lembra do dom do discernimento espiritual e decide orar a Deus para que ele lhe dê clareza de entendimento e o liberte.

Você ora:

Ajude-me, ó Deus, para que eu fique livre dessas espetadas malignas que tentam sufocar minha razão e minhas emoções. Ajude-me, Senhor, para que eu fique livre do peso da tristeza e da amargura da solidão aos quais o diabo pretende me amarrar.

Então, o Senhor responde às suas súplicas:

“Os justos clamam, e o Senhor os ouve e os livra de todas as suas angústias. Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado e salva os contritos de espírito. Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.” (Sl 34:17-19‬)

Os justos serão felizes:

“Não te indignes. Deixa a ira e abandona o furor; não te indignes para fazer o mal. Deleita-te também no Senhor, e ele te concederá o que deseja o teu coração. Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará. E ele fará sobressair a tua justiça como a luz; e o teu juízo, como o meio-dia.” (Sl 37:7,8,4-6‬).

O SENHOR É DEUS, ALELUIA!

Destaque
  • 7 livros
  • LinkedIn ícone social
  • 10411954_685602844810247_333669641129231921_n
  • 105877862_3304579512893603_5748729188284
  • Litwin, Edith.
  • 11060882_418988858270919_2397584092961867947_n
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon

© 2016 por Monica Campello. Escritora para a glória de Deus! Professora graças a Deus!