“Você tem um coração puro!”


“Você tem um coração puro!”, ou “Seu coração é lindo demais!"


Eu queria entender por que falam assim para nós, e o perguntei a Deus. O Senhor respondeu que falam assim porque não queremos fazer mal a ninguém, apesar de nos fazerem mal; por isso, Deus nos recompensa com o bem pelos nossos bons atos — esse dentre outros. Deus nos abençoe para continuarmos fazendo o bem sem ver a quem.


Por isso as pessoas dizem que temos um coração puro e lindo, pois é isso o que elas veem no nosso coração: alguém que não quer se vingar de ninguém por nada, que se farta de afronta para não magoar ou não ofender de volta, e mesmo que essas ofensas nos magoem, ainda preferimos continuar agindo assim, sem fazer o mal, porque assim não carregamos conosco nenhuma culpa. Podemos levar a tristeza da ofensa, da qual Deus nos curará, mas não levamos a tristeza de ofender. Graças a Deus por isso, pois, ai de nós se não fossem a bondade, a misericórdia e o amor de Deus!


Algumas pessoas, até de nível social mais alto que o nosso ou de uma posição relevante, tentam roubar a nossa alegria, matar o que temos de bom, como se fôssemos um cachorro morto, uma pulga que não tem valor considerável diante dos homens (1 Sm 24:14). São pessoas que nos perseguem por inveja, por ciúme, por raiva, do que somos ou do que temos, e, nessa perseguição, atacam-nos gratuitamente com ofensas, desprezo, falta de respeito, falta de consideração, humilhação etc., abrindo feridas em nossos corações nos quais plantam mágoas das quais queremos nos livrar, pois fazem parte daquela coleção de sentimentos e emoções ruins que elas carregam, mas nós não queremos carregá-las, e essa atitude é um dos motivos pelos quais sofremos suas perseguições — o fato de não querermos ser nem agir como elas; isso realmente muito as incomoda. Daí, a contínua tentativa de nos des(cons)truír.


O mau luta continuamente pelo mal, e o bom luta continuamente pelo bem.


Apesar de tudo, o crente que conhece Deus em espírito e em verdade — pois não se deixa levar por essas reações negativas, contra as quais luta continuamente por causa da sua humanidade da qual não pode se desvencilhar visto que não há ninguém bom além de Deus (Mc 10:18,19), —, prefere permanecer no lugar forte: a casa de Deus no seu coração. O Senhor é rocha forte. O Senhor é lugar forte. E é neste lugar que ele se esconde para se livrar do mal pelo qual tentam abater a sua alma e o seu espírito.


“Como diz o antigo provérbio: ‘O perverso age como perverso’; mas eu não lhe farei nenhum mal.

“A quem o rei de Israel procura apanhar? A quem está perseguindo? Deve ele gastar o seu tempo caçando um cão morto ou uma pulga?


Que outra pessoa no mundo deixaria seu inimigo escapar, quando o tinha em suas mãos? Que o Senhor lhe dê uma boa recompensa pela bondade com que me tratou hoje” (1 Sm‬ ‭24:13-14,19).

Destaque