A Pedra de ajuda

A Pedra de ajuda


EBENÉZER (Pedra de Ajuda — 1 Sm 4:1), uma aldeia próxima à região de Canaã onde os filisteus derrotaram os israelitas devido à sua falta de fé e decorrente desobediência, ocasionando uma quebra de comunhão com Deus que o impediu de atuar em seu favor como “pedra de ajuda”.


Todavia, depois de se arrependerem sinceramente, Deus atuou em seu favor como esta “pedra de ajuda”, que também hoje ajuda seu povo fiel, dando-lhe vitória sobre os seus inimigos quaisquer que sejam. Por isso, Samuel declarou: “Até aqui nos ajudou o Senhor” i.e., até aqui o Senhor foi a nossa “pedra de ajuda”.


Samuel erigiu uma pedra memorial no lugar em que Deus ajudou o seu povo a derrotar seu inimigo e deu à pedra o nome de Ebenézer.


Não basta dizer “Ebenézer: até aqui nos ajudou Senhor“ (1 Sm 7:12) se nós não estivermos com Deus, pois não passará de um jargão aprendido, sabendo-se que Deus faz chover sobre justos e injustos (, mas sabendo também que as bênçãos materiais não são garantia das bênçãos espirituais, como a salvação eterna.


É preciso estarmos em Cristo para que Deus esteja conosco e assim possamos vencer o inimigo:

”Depois que o povo tornou para o arraial, disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu hoje Jeová diante dos filisteus? Tragamos para nós de Siló a arca da aliança de Jeová, para que venha para o meio de nós e nos livre das mãos dos nossos inimigos” (1 Sm 4:3).


Até aqui nos ajudou o Senhor, nossa Pedra de ajuda, e cremos que ele continuará nos ajudando se tão somente permanecermos obedientes à sua palavra e agradáveis aos seus olhos, fazendo somente aquilo que ele aprova. No entanto, se a mente condena (Rm 14:22; 1 Jo 3:21), é melhor não fazer para não correr o risco de desagradar ao Senhor e sofrer as consequências desse ato. Sejamos sábios para a glória de Deus.




Destaque