Problemas que não casam com a vida dos casados

Quando não souber o que fazer ou quando o que já vem fazendo não gera o resultado esperado, busque a Deus; aliás, essa deveria ser a primeira atitude antes de qualquer outra.


O Senhor fala conosco do jeito que ele quer. Às vezes, queremos sentar e fazer leitura da Bíblia, mas o Senhor nos traz a palavra do jeito dele, pelo meio que ele escolhe. As coisas não são do nosso jeito, mas do jeito do Senhor. Graças a Deus por isso, pois o resultado é perfeito.


Falando às esposas: não adianta nada pintar o cabelo, maquiar-se, enfeitar-se, acreditando que é isso que vai segurar o marido. Falo por mim mesma, pois quando eu pintava o cabelo, e andava nos saltos, toda elegante, linda e maravilhosa, e até mesmo ao terminar de fazer amor com meu marido, logo depois ele ia lá no local do pecado para se contaminar sexualmente com uma amante que conhecera no dia anterior no trem, no metrô, no ônibus, no trabalho, ou mesmo já conhecida de longa data.


Por que digo "se contaminar sexualmente"? Porque o ato sexual pelo simples prazer carnal não é baseado em amor, mas em luxúria, carnalidade, erotismo, sensualidade, de modo instintivo como um cão - o cão é fiel ao dono, mas não é fiel à sua cadela.

Diferentemente de algumas aves que são monogâmicas por natureza, como os papagaios. O homem deveria aprender a alçar voos como eles, voos destinados ao provento da família que a edificam e em cujos trajetos, mesmo distantes um do outro, carregam a lembrança de seu cônjuge, preservando a fidelidade conjugal mesmo que surjam outros cobertos de novos coloridos.


Portanto, não faz diferença alguma os adornos externos. O que realmente conta é a beleza que vem de dentro, a beleza de um espírito amável e sereno (1 Pe 3:4) que no final fará toda a diferença. Logo, não adianta buscar outros recursos além da fé na providência de Deus. Como está escrito:


“Assim também você, esposa, deve obedecer ao seu marido a fim de que, se ele não crê na mensagem de Deus, seja levado a crer pelo modo de você agir. Não será preciso dizer nada porque ele verá como a sua conduta é honesta e respeitosa" (‭‭1 Pe ‭3:1-2).‬


E o Senhor reafirma esse versículo quando um cônjuge se pega pensando nas atitudes e comportamentos do outro que demonstram a verdade escondida:


“Vocês não terão de fazer nada: o Senhor lutará por vocês" (‭‭Êx‬ ‭14:14‬).


Recursos humanos em casos espirituais são inócuos. Espirituais porque não se trata de defeito moral, falha no caráter, mas de um impulso maligno que afeta o corpo, a mente e o espírito, que desvirtua do verdadeiro bem: o bem-estar em família que tanto incomoda o inimigo de Deus que criou a família. Esses recursos não poderão resolver nada porque não têm eficácia contra esse tipo de mal. Só Deus pode vencê-lo.

Então, como fica isso? No afã de resolver um problema conjugal de adultério, normalmente o cônjuge afetado acaba manifestando uma doença da alma, tornando-se um desconfiado, um perseguidor, um fuçador, um invasor da privacidade alheia. Costuma se esquecer de Deus e buscar a solução por meios próprios. Tudo isso adoece o relacionamento conjugal mais do que já se encontra adoecido.


Qual seria, então, a melhor solução? Entregar tudo nas mãos de Deus, confiar e esperar o seu agir. Por certo, Deus responderá no tempo certo, de modo eficaz, visto que ele não esquece os seus e deles cuida perfeitamente a ponto de curar os males tanto do que sofre quanto do que causa o sofrimento, pois ambos se encontram doentes, e somente Deus tem o poder para restaurar sua saúde emocional, sentimental, psicológica, espiritual.


Deus responde, conforta e ensina sobre como agir com base na sua palavra de modo que ”tudo contribui para o bem daqueles que amam a Deus” (Rm 8:28).





"LET GOD BE TRUE" desenvolve uma explanação muito oportuna acerca de relacionamento e traição conjugal. Segue o respectivo texto:

"Dá instrução ao homem sábio, e ele será ainda mais sábio; ensina o homem justo e ele aumentará em entendimento" (Pv 9:18).


Que choque! Que desastre maldito! Uma linda mulher seduz um homem para ter sexo fora do casamento. Sua atratividade, lisonjas e disposição o subjugam. Ele não pode acreditar na sua boa sorte - esta mulher excitante e erótica o convidou para ir à sua casa e para a sua cama. Mas a sua casa está cheia de vítimas mortas, e seus outros hóspedes estão nas profundezas do inferno!


Salomão comparou e contrastou a Senhora Sabedoria e a Senhora Tolice naquilo que chamamos de o nono capítulo de Provérbios. Ele descreve a Senhora Sabedoria e a sua oferta para homens simples de forma a protegê-los em sua casa (Pv 9:1-12). E, em seguida, ele descreve a Senhora Tolice, que é uma prostituta sedutora, com a sua oferta contrastante para os mesmos homens e suas eventuais derrotas totais (Pv 9:13-18).


Todos os homens enfrentam regularmente a escolha! Você vai dar ouvidos à Senhora Sabedoria e se manter afastado das mulheres mundanas e das coisas relacionadas a elas? Ou você vai se afastar da sabedoria para provar dos prazeres do pecado por um tempo com uma mulher prostituta? A escolha é sua, mas Deus determina as consequências (Hb 13:4). Rejeite a sabedoria e morra (Pv 9:11-12,18).


Há duas formas de morrer! E existem dois infernos nos quais você pode sofrer! Os fornicadores e os adúlteros têm os quatro! Tolos que vão atrás de uma mulher estranha - uma com quem eles não casaram corretamente - não conseguem enxergar os quatro julgamentos que os espera. Eles estão encantados por uma mulher maravilhosa e ignorantemente se dirigem à sua punição terrível. É contra a dolorida fraude do prazer sexual fora do casamento que este provérbio alerta.


O contexto aqui é a de sedução de homens por mulheres tolas e meretrizes (Pv 9:13-18). A lição simples e óbvia: os homens são cegados pela concupiscência dos seus olhos e das suas carnes, e eles não conseguem enxergar que a morte e o inferno são as consequências reais do pecado sexual. A beleza, a bajulação e os prazeres prometidos de uma mulher deixam os seus corações, almas e mentes estupefatos, não permitindo que considerem os terríveis resultados da intimidade com qualquer outra mulher que não a sua legítima mulher.


Homens sábios buscam por aquilo que não chama a atenção imediata dos olhos ou que cruza as suas mentes. Tolos apenas enxergam aquilo que está diretamente à sua frente. Outra mulher sempre se apresentará bem; as suas palavras encantadoras sempre soarão bem; os seus novos beijos sempre terão um gosto bom; e ela, em conspiração com o diabo e com o seu coração, oferece prazeres que certamente serão bons. Mas a vítima não sabe que aqueles que a visitaram antes dele estão mortos e no inferno (Pv 2:16-20; 5:5; 7:27). Olhe!


O tolo não sabe que os mortos estão lá! A primeira morte é a morte da alma - a perda da integridade, paz, reputação e virtude (Pv 5:9-10). Ao invés disso, eles são atormentados pelo medo, frustração, culpa e vergonha. Esta não é uma morte física; ela é pior! É uma morte viva, onde o coração e a alma morreram para com Deus, alegria, vida e justiça. Salomão escreveu, "O que adultera com uma mulher é falto de entendimento; destrói a sua alma o que tal faz." (Pv 6:32). Esta é a morte da alma (Lc 15:24; ITm 5:6; Tg 5:19-20).


O tolo não sabe que os mortos estão ali! A outra morte é a morte física. A vida dura com prostitutas encurta a vida conforme declara a Bíblia e é também confirmada pela experiência (Pv 2:18-19; 5:5; 7:27). O viver pecaminoso reduz a longevidade de muitos atores, atletas e artistas da atualidade, mesmo quando descartamos as doenças. Se a pena capital por esses pecados fosse aplicada, ela abreviaria muito mais, ainda, as suas vidas. Também existe o julgamento de Deus sobre tais homens, o qual certamente punirá os clientes de prostitutas e os adúlteros (Hb 13:4).


Os tolos não sabem que os hóspedes dela estão nas profundezas do inferno. O primeiro inferno é a vida desvirtuada e dolorosa nessa vida. Este é o inferno que uma punição corporal apropriada pode livrar a criança dele (Pv 23:13-14). Este é o inferno de empregos perdidos, divórcios, insegurança, famílias arruinadas, crianças perturbadas, dinheiro dissipado, tempo perdido, corações quebrados, mentiras constantes, doenças sexuais, cônjuges enraivecidos e assim por diante. Os prazeres do amor ilícito, a curto prazo, nunca compensa adequadamente pelo restante de sua vida nesse inferno (Pv 5:9).


O tolo não sabe que os seus hóspedes estão nas profundezas do inferno. O outro inferno é o lago de fogo que foi preparado para o diabo e os seus anjos ... e todos os fornicadores (Mt 25:41; Ap 21:8; 22:15)! Naquele lugar horrível, os homens que escolheram a aparência e as mentiras de uma mulher ao invés das bênçãos e da verdade de Deus terão toda a eternidade para se lastimarem de suas estúpidas decisões. Ouça as palavras de condenação eterna que serão dirigidas aos fornicadores, "E, então, lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade." (Mt 7:23).


Porque o homem não enxerga esses perigos terríveis? A Bíblia não é suficientemente clara? Os pais e os pastores não foram suficientemente claros? Ele não os enxerga ... porque ele não sabe nada a respeito daqueles que já estão sofrendo, ela não diz isso a ele, ele não consegue recordar os avisos dos seus professores, o prazer é grande demais para poder pensar, a televisão diz que é maravilhoso, o sistema escolar diz que é bom, ele se embalou para dormir com fantasias e pornografia, ele só vê quem aparentemente se deu bem, ou porque ele subestimou a falsidade do pecado.

Em nossa geração e sociedade, há muitas mulheres liberadas, as mulheres tolas descritas neste contexto (Pv 9:13-18). Alunos do primeiro e do Segundo grau escolar e das universidades são carnes de mercado. As mulheres se vestem como prostitutas, até mesmo nas igrejas, e os "shoppings" são locais quase que intoleráveis para os homens justos. Divórcio por qualquer causa é o meio para se obter uma nova mulher, exatamente o que o Salvador condenou nos Seus dias, o que não cobre o pecado (Mt 5:27-32).


Você é um fornicador ou adúltero arrependido? Você despreza o seu pecado? Você pode orar do jeito descrito por Eliú (Jó 33:27-28)? Você pode se lançar aos pés de Jesus Cristo, suplicando e implorando por misericórdia, da mesma maneira que muitas prostitutas fizeram no Novo Testamento? Há salvação em Jesus Cristo, até mesmo para os adúlteros e fornicadores. A igreja de Corinto tinham muitos (ICo 6:9-11). E eles estarão no céu pela justice de Cristo. Louvado seja o Seu nome glorioso! --- Fim da explanação de LET GOD BE TRUE

---

Destaque
  • 7 livros
  • LinkedIn ícone social
  • 10411954_685602844810247_333669641129231921_n
  • 105877862_3304579512893603_5748729188284
  • Litwin, Edith.
  • 11060882_418988858270919_2397584092961867947_n
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Pinterest Social Icon

© 2016 por Monica Campello. Escritora para a glória de Deus! Professora graças a Deus!