Deus nos ajude a melhorar

A tendência de quem não conhece Jesus é condená-lo e condenar a sua Igreja por nossas culpas quando falhamos ou pecamos, sendo cristãos.


Os nossos erros e pecados são de nossa responsabilidade; Jesus nada tem a ver com isso! No entanto, o fato de sermos cristãos leva o povo, normalmente não pertencente à Igreja, a cobrar de nós posturas super perfeitas, esquecendo-se de que somos seres humanos tendentes a pecados e falhas.


Todavia, sendo o cristão fiel e um verdadeiro lutador contra os pecados, quando ele peca, não aceita isso e busca a correção como consequência de seu arrependimento para se tornar agradável a Deus, ser perdoado e aprovado por ele.


Portanto, não sejamos motivo de escândalo para o nome de Jesus. Precisamos ter muito cuidado com as nossas ações e reações diante das pessoas, lembrando-nos sempre de que já não somos nós que vivemos, mas Cristo vive em nós.


Destaque