top of page

Esquerda e Direita na Bíblia

“CONHECER A VERDADE" (a verdade bíblica) ou permanecer no abismo da usurpação das letras?

Quem busca a "verdade bíblica" foge das parcialidades, deixando de lado as afeições externas das ideologias, das políticas, das filosofias etc. Então, falemos sobre o texto sagrado.


Já vi pelo menos duas imagens na internet citando esse versículo e insinuando que o correto é seguir a "direita" e não a "esquerda", como se a Bíblia mostrasse que o correto é o posicionamento político de direita e não o de esquerda e, sendo assim, quem segue a esquerda é tolo, e quem segue a direita é sábio. Uma ilação deturpada do versículo bíblico.


Daí, surge a pergunta de um cristão que quer “conhecer a verdade” que liberta das algemas do engano: "Pode me ajudar a entender melhor se a Bíblia diz isso mesmo com relação a Eclesiastes 10:2? É sobre política que trata esse versículo?"

Esse cristão muito se assemelha aos bereanos que examinavam nas Escrituras se as coisas era do jeito que ensinavam (At 17:11); eles não aceitavam e adotavam quaquer palavra sem antes se certificarem de sua veracidade ou da natureza do ensino. Essa é a atitude correta a se tomar antes de compartilhar versículos sem o devido conhecimento que induzem a interpretações duvidosas.


Sim, há várias versões bíblicas, mas as idôneas são fiéis ao texto original (hebraico, grego, aramaico) e as diversas formas de expressão desse versículo nas versões confiáveis não alteram sua essência no tocante à sua ideia no texto de origem.


O que realmente importa é a exegese fiel do texto sagrado livre de tendenciosidades ou parcialidades que prejudicam o entendimento fidedigno das Escrituras Sagradas. Então, prossigamos à exegese fidedigna.

Textos bíblicos isolados podem confundir o devido entendimento porque os textos pertencem a contextos específicos que precisam ser conhecidos para uma perfeita interpretação. No versículo em questão, analisemos o real significado de "direita" e "esquerda".


Direita e Esquerda como partidos políticos na Bíblia SAGRADA:

Na versão Almeida Século 21 (A21) está escrito: "O coração do sábio o inclina para a direita, mas o coração do tolo o inclina para a esquerda" (Ec 10:2). A primeira realidade a se observar aqui concerne à época em que o referido texto foi escrito quando partidos políticos de “direita” e “esquerda” não existiam. Havia a monarquia regida pelo rei Salomão que detinha o poder supremo, e, portanto, não cogitava sobre tais conceitos.

Todavia, "direita" e "esquerda" têm um significado na Bíblia que precisa ser bem compreendido. Biblicamente, a direita se refere à maior habilidade do ser humano visto que a maior parte da humanidade é destra e não canhota.


Estatisticamente, segundo pesquisadores, 70% a 90% dos seres humanos tendem a usar a mão direita para realizar funções específicas. Isso denota que o lado esquerdo é menos favorecido. Daí a comparação entre a direita ser melhor que a esquerda para quem é destro e vice-versa. Se os lados menos favorecidos forem usados, os resultados podem negativos.


O versículo em estudo também mostra como o rei Salomão comparava as boas e as más ações, considerando que ambas são dirigidas pelo coração que, em sentido figurado, corresponde às faculdades emocionais e, quanto à sua localização anatômica, fica do lado esquerdo do peito. Quem pratica boas ações é tido por sábio e quem pratica más ações é tido por tolo, mas tanto um quanto outro têm o coração do mesmo lado, ou seja, o esquerdo, podendo fazer o bem ou o mal. Ou seja, a direita (ou o lado direito) e a esquerda (ou o lado esquerdo) nada têm a ver com posicionamentos ou partidos políticos.


A Bíblia esclarece que o coração é enganoso e desesperadamente corrupto, e indaga: quem o conhecerá? (Jr 17:9). Quantas vezes uma pessoa é enganada pelo seu próprio coração? Por isso mesmo é mister guardar o coração porque ele dirige o rumo da vida (Pv 4.23).


Em suma, essas imagens textuais que circulam na internet, demonstrando um ensinamento que vai contra o que a Bíblia ensina, tiram o texto do seu real contexto, insinuando um aspecto negativo que coloca os posicionamentos políticos acima da verdade bíblica. Como cristãos comprometidos com a verdade do verbo divino, é preciso ter cuidado com o apoio que se dão a esses tipos de textos mistos, pois nada têm a ver com política - partidos de esquerda e de direita.


Quem vem fazendo isso com a palavra de Deus, não faça mais. Não use mais os textos bíblicos para enganar os incautos, pois não só fica feio como pode se voltar contra quem pretende confundir a mente do povo de Deus. Isso pode ser caracterizado como uma investida maligna e o resultado pode ser uma catástrofe eterna.



Comments


Destaque
bottom of page