Igrejados descristinados!

Desigrejado ou descristinado? Igrejados descristinados!


Nem sempre não estar na igreja siginifica estar sem Cristo. Mas muitos que estão na igreja estão sem Cristo.


Algumas pessoas costumam perguntar a outras pessoas se elas estão desigrejadas. Na verdade, o que elas querem mesmo é escarnecer delas porque deixaram de ir à igreja.


São da “família” daqueles irmãos que quando você tem um problema, eles dizem que vão orar por você, mas não se contentam apenas em orar; eles querem saber “qual é o teu problema”. A oração é mero pretexto para saberem da tua vida. 


Contudo, não atentam para o fato de que muito mais importante que estar na igreja ou estar com problemas é estar com Cristo, pois muitos que estão na igreja, ou seja, muitos que estão “igrejados”, não estão com Cristo, pois estar com Cristo é muito mais do que simplesmente cumprir agenda ou obrigações eclesiásticas.


Normalmente, as pessoas que se “preocupam” com outras que não estão indo a igreja pensam estar “assim” com Deus por causa de sua dedicação às obras no reino de Deus, mas não envidam o mesmo esforço para agradar a Deus com atitudes de desprendimento de coisas que não lhe agradam, como: despir-se do orgulho, perdoar e pedir perdão, confessar e rejeitar sentimentos de vingança, inveja, ódio etc. Essas são pessoas igrejadas, porém descristinadas.


Essas são aquelas pessoas para quem Jesus responderá no Dia do Juízo quando cobrarem de Jesus a sua salvação: “Eu não te conheço“.


“— Não é toda pessoa que me chama de “Senhor, Senhor” que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu. Quando aquele dia chegar, muitas pessoas vão me dizer: “Senhor, Senhor, pelo poder do seu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo seu nome expulsamos demônios e fizemos muitos milagres!” Então eu direi claramente a essas pessoas: “Eu nunca conheci vocês! Afastem-se de mim, vocês que só fazem o mal!” (Mt 7:21-23).


 Onde está o problema? Em pensar que está agradando a Deus com os seus serviços cristãos, mas jamais “parar para refletir” que somente isso não é suficiente para agradar a Deus. É preciso metanoia!


Destaque