PEDRA DE AJUDA

EBENEZER!

Há quanto tempo você está vivendo essa situação, desviando-se das pedras no seu caminho?

Poeticamente, isso nos remete à lembrança da poesia de Drummond “No meio do caminho”:

No meio do caminho tinha uma pedra. Tinha uma pedra no meio do caminho. Tinha uma pedra. No meio do caminho tinha uma pedra.

Há pedras e pedras no caminho: pedras de tropeço — os males da vida — e A Pedra de tropeço — Jesus. As primeiras nos fazem tropeçar para mal, a segunda que nos faz tropeçar para o bem.

Quem tropeça em Jesus, reconhecendo-o como seu libertador e Salvador, recebe a libertação do pecado e a salvação de que tanto necessita. Caso contrário, quem tropeça em Jesus por incredulidade carrega sobre si o fardo da responsabilidade pelo seu pecado que na hora determinada será cobrado por Deus.

Cristo é a Pedra Angular, a Pedra Preciosa para os que nele creem, mas é Pedra de Tropeço e Rocha de Escândalo para os que não creem nele (Is 8:13,14; 1 Pe 2:4-8).

O povo de Israel, povo de Deus, ficou sob o domínio dos filisteus, aquele povo de gigantes, por vinte anos devido à sua desobediência e idolatria contra Deus que lhes proveria a libertação assim que verdadeiramente se arrependessem de seu pecado. É assim foi.

Já se passaram alguns anos e ainda estamos sob o domínio de gigantes ou de algum gigante específico ao invés de estarmos sob o domínio de Deus. Mas se confessarmos o nosso pecado, se dele nos arrependermos e nos voltarmos para Deus, certamente seremos libertos de qualquer gigante que seja.

Ebenezer significa “pedra de ajuda”. A pedra que deve permanecer em nosso caminho, entre um lugar e outro lugar, entre uma situação e outra situação, é a pedra de ajuda providenciada pelo Senhor para delimitar o nosso espaço com a presença de Deus.

Todo caminho possui pedras de empecilhos das quais devemos nos desviar para nelas não tropeçarmos e acabarmos nos prejudicando.

“E sucedeu que, desde aquele dia, a arca ficou em Quiriate-Jearim, e tantos dias se passaram, que chegaram até vinte anos; e lamentava toda a casa de Israel após o Senhor. Então, tomou Samuel uma pedra, e a pôs entre Mispa e Sem, e chamou o seu nome Ebenézer, e disse: Até aqui nos ajudou o Senhor” (1 Sm‬ ‭7:2,12‬).

Sim, Pai, o Senhor é a minha Pedra de Ajuda. Ai de mim se não fosse o Senhor.

Eu creio em ti, Senhor, não importa o quê, não importa o tempo para alcançar a bênção, contanto que eu permaneça em ti. Por isso lhe peço que me abençoe para que eu esteja com o Senhor hoje, sempre e eternamente, amém. Esse é o meu maior pedido ao Senhor.

Pai, até aqui o Senhor me ajudou. Peço-lhe: continue me ajudando, pois preciso de ti, meu Senhor e meu Deus, meu Mestre e meu Tudo. Amém


Destaque