Sabedoria, oo principal!

A sabedoria vinda de Deus propicia o discernimento espiritual

O homem natural — natural porque não tem o espírito de Deus; portanto, não espiritual — só compreende a linguagem humana e se pauta somente no conhecimento humano como a filosofia, as ciências e as pseudociências.

Ele não aceita as coisas que são reveladas pelo Espírito de Deus porque para ele não passa de tolice e, por isso, não as entende porque só podem ser avaliadas de maneira espiritual. Ele não consegue discernir quando a linguagem espiritual refuta sua linguagem humana.

Todavia, o homem espiritual pode avaliar todas as coisas, mas não pode ser avaliado por ninguém a não ser Deus. Quando o homem espiritual fala, ele usa palavras ensinadas pelo espírito de Deus e não palavras ensinadas pela sabedoria humana que diverge da sabedoria de Deus. Somente o homem espiritual pode compreender as coisas espirituais. (‭‭1 Co‬ ‭2:13-15‬)



Destaque