Uma luz escondida: como vai iluminar?


Uma luz escondida: como vai iluminar?

O rapazinho de um vídeo que assisti não teria levado a palavra de Deus aos corações daqueles que ouviram o seu louvor se ele não tivesse ido àquele lugar para cantar para a glória de Deus. Se o nome de Jesus vai ficar reconhecido por muitos que não o conhecem, através desse trabalho, que este trabalho seja feito para a glória de Deus. Amém.

O que você está fazendo para sua obra ser vista pelos homens, a sua obra de evangelização? Como vão conhecer Jesus se você não o expuser? Você não o está expondo por causa de temores humanos? Onde está o seu temor a Deus?

Não importa o que vão dizer; importa o que Deus vai dizer. Faça a obra do Senhor! Deus é com você! Por onde você andar, Deus será com você se você for com ele:

"Não fui eu que ordenei a você? Seja forte e corajoso! Não se apavore nem desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar" (Js 1:9).

O lugar aparentemente seria impróprio para falar de Deus ou levar uma mensagem de Deus porque se tratava de um programa de televisão, de um concurso televisivo. Da mesma forma, parece impróprio se aproveitar de certos meios como o renome de alguém para fazer a obra de Deus porque se essa pessoa tem nome muitos a ouvem e se alguém fala dela muitos ouvirão esse alguém que fala de Deus. Ninguém explica Deus e seus meios.

Então, o que é mais importante: falar de Deus usando esses meios e salvar um, alguns ou muitos, ou não usar esse meio para falar de Deus por medo da retaliação e palavras de menosprezo de alguém renomado? Deixe que pensem, que digam, que falem o que quiserem a teu respeito, pois o mais importante é o que você está falando de Deus para outras pessoas. Isso é o que realmente importa.

Para que o Senhor seja visto é preciso mostrar o Senhor, não importa o meio porque o Senhor é quem nos abençoa para alcançarmos o fim desejado. E não importa se alguém vai falar que você está usando esses meios com esse objetivo, pois o que realmente importa é fazer a obra de Deus e salvar muitas pessoas através do seu ministério. O tempo urge porque Jesus está às portas!

De que adianta uma obra evangelística sem alcance? A pergunta então se faz: o que fazer? Ore pela renovação do seu ministério e o Senhor lhe dará todas as instruções que precisar. Não estão vendo a sua obra, não há visualizações porque você está escondendo a luz da vela (Lc 11:33) em vez de a colocar no velador para que todos a vejam.

Você está sendo motivado por coisas sem valor como não querer dar brecha para outrem dizer que você está fazendo certa obra às custas do nome dele. Se ele tem nome porque fala do nome de Deus, por que você não pode falar do nome dele como motivo para falar de Deus? Divulgue o nome de Deus por todos os meios para a glória de Deus, e não para a sua própria glória como costumam fazer os renomados. Se são renomados é porque Deus permitiu, e, se Deus permitiu, é porque devem ser aproveitados para um objetivo maior: a salvação de muitos.

E não importam as palavras daquele que diz que usam o seu nome para fazerem nome, pois o que realmente importa é o nome de Cristo, pois, na verdade, se ele falar isso, ele também está usando o nome do Senhor para fazer nome, e, portanto, quem seria ele para acusar alguém ou para diminuir alguém como se ele fosse muito impportante?! Como se ele fosse até mais importante que Deus! Não faz sentido acender um lampião e depois escondê-lo. Pelo contrário, ele deve ser colocado num pedestal de onde todos possam ver a sua luz (Lc 11:33). Não adianta fazer uma obra para o Senhor e deixar escondida de forma que ninguém veja; se ninguém vir essa obra, como se poderá fazer a evangelização dos povos para que alcancem a salvação do Senhor?

Está deixando algo escondido por quê, por causa de opiniões alheias provenientes de pessoas egoístas que só pensam em si mesmas, em crescer diante dos outros, em ter nome, status? É por causa dessas pessoas que você escondeu o seu trabalho para Cristo?! Não faça isso! Coloque-o para fora para que as pessoas que precisam da salvação do Senhor possam ver o seu trabalho e receber a verdade em seus corações. Veja bem a sua responsabilidade pelas vidas de muitas pessoas que precisam detão sagrada salvação!

“Eu tenho me tornado todas as coisas para todas as pessoas, para que, por todos os meios possíveis, eu possa salvar alguns. Faço tudo isso por causa do evangelho, para ser coparticipante dele. Esta é minha resposta aos que questionam minha autoridade‬" (‭‭1 Co‬ ‭9:22,23,3). “Eu não quero dizer que somos qualificados para fazer este trabalho por nós mesmos. Ao contrário, a nossa qualificação vem de Deus. Ele nos capacitou para sermos ministros da nova aliança, não da lei escrita, mas do Espírito” (‭‭2 Co‬ ‭3:5‬,6). ‬ Você precisa se tornar visível se não as pessoas não vão ver a obra de evangelismo que você tem feito para salvar as pessoas. Capacita-nos, ó Deus, nós, os teus servos, Senhor, para fazermos nossas respectivas obras para a tua glória. E pela tua palavra, Senhor, eu creio que o Senhor nos capacita. Eu creio que o Senhor nos capacita para fazermos a tua obra porque é o próprio Senhor que nos comissiona. Obrigada Senhor.

“Da mesma forma, o Senhor ordenou que os que anunciam as boas-novas vivam pelas boas-novas. Contudo, nunca usei de nenhum desses direitos. Não escrevo isso para sugerir que desejo agora começar a fazê-lo. De fato, prefiro morrer a perder o privilégio de me orgulhar de pregar sem cobrar nada. E, no entanto, não posso me orgulhar de anunciar as boas-novas, pois sou impelido por Deus a fazê-lo. Ai de mim se não anunciar as boas-novas!” (‭‭1Co‬ ‭9:14-16‬).‬‬

Paulo abre mão de seus direitos, e nós, imitando-o em seus gestos dignos diante de Deus, imitamo-lo ao abrirmos mão da nossa vaidade de não querermos que outros digam que estamos usando o seu nome para fazermos o nosso nome crescer: isso seria orgulho da nossa parte, o que não devemos manifestar ou o que não devemos permitir que se manifeste em nós porque o nosso corpo é templo do Espírito Santo e nele não cabem essas vaidades. Façamos a obra segundo a determinação de Deus, seja qual for, pelo meio que for, porque todos os meios são de Deus quando ele verdadeiramente está no propósito.

Destaque